LIDERANÇA MILITAR: UMA ANÁLISE A PARTIR DO CENTRO DE ESTUDOS DE PESSOAL DO FORTE DUQUE DE CAXIAS (CEP/FDC)

Janiara de Lima Medeiros, Priscila Maria Alves Coelho Machado

Resumo

Este artigo tem por objetivo identificar os principais motivos que levam um militante a fazer formação de líder militar e analisar alguns desafios por que passam os líderes diante de adversidades. Este trabalho buscou apresentar definições de liderança, evidenciadas em literaturas, bem como as identificadas nos comandos dos Comandantes do Centro de Centro de Estudos de Pessoal e Forte Duque de Caxias (CEP/FDC): Coronel Álvaro Roberto Cruz Ferreira Lima (2013 a 2016); Cel. Ernesto de Lima Gil (2016 a 2018, hoje General); e o Coronel Carlos Alexandre de Oliveira Costa (2022 a 2023), referenciando-os como exemplos. Justifica-se a seleção desses comandos por abrangerem o período em que as autoras vivenciaram o serviço ativo militar no Forte do Leme (2015 a 2023). Neste marco temporal, evidenciou-se o fato de que as transformações na Força Terrestre brasileira se deram como consequência das mudanças sociais. Resulta que organizações militares devem corresponder ao desenvolvimento institucional, no qual o líder operante deve ter a habilidade de se autorregular a essas mudanças. Verificou-se, então que tais operações de liderança foram capazes de contribuir significativa e positivamente no processo de desenvolvimento da liderança militar do Forte Duque De Caxias (CEP/FDC).

Palavras-Chave: 

Liderança militar; Motivações do líder; Desafios do líder

PDF_ico.png