A FALTA DE LIMITES EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Paula Dassie Moreno Marabesi

Resumo

Quando se trata da relação entre pais e filhos, é importante ressaltar as dificuldades que ocorrem, tais como os transtornos que ocorrem e implicam na formação pessoal, por isso é importante impor limites. Atualmente temos observado uma sociedade em crise de valores éticos e morais, moldada por um sistema capitalista que acarreta mudanças na estrutura familiar, uma vez que os pais, graças às deslocações para o emprego e às longas jornadas de trabalho que lhes asseguram a subsistência, porém ficam ausentes nos momentos mais difíceis ou sentem-se culpados pela ausência ocasionando uma educação permissiva e sem controle. Além disso, a conquista dos direitos da mulher e a participação no mercado de trabalho gerou mudanças nas relações entre crianças e adultos e nas práticas educacionais. Por essa razão, esse artigo poderá auxiliar os jovens estudantes, bem como os pais, e aqueles interessados no desenvolvimento da criança, além de ajudar entender a importância do senso de limites durante a infância. Talvez assim, será possível compreender os comportamentos do ser humano, bem como reconhecer a importância dos pais durante esse processo, e ao mesmo tempo estabelecer limites e respeitar o processo de desenvolvimento da criança e do adolescente. Assim, conclui-se que tanto a família quanto a escola são imprescindíveis no desenvolvimento e aprendizagem dos jovens, sendo primordial que ocorra um diálogo entre as duas instituições, para que desenvolva a construção de algo proveitoso e saudável.

Palavras-Chave: 

Limite; Adolescente; Escola; Família; Sociedade.

PDF_ico.png