ALGUNS PROCEDIMENTOS PARA O ENSINO DE HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA

Silvia Maria Venancio da Silva

Resumo

A importância do estudo de algumas estratégias para o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira é fundamental, pois ainda se nota muita falta de conhecimento e preconceito em relação à posição do negro e do índio na sociedade. Entretanto, há uma notável diferença entre o que é legal e o que é real. Apesar de alguns direitos garantidos, a discriminação se dá diariamente em situações reais e, muitas vezes nada sutis, condenando estes cidadãos a um a posição de exclusão. Assim, as leis 10.639/03 e 11.645/08 são um importante passo na ampliação da forma como enxergar-se a formação de o país. É necessário para tirar os negros e indígenas de sua posição de minorias escravizadas para conhecer mais amplamente suas contribuições nas áreas social, econômica e política. Além disso, devem contribuir para um entendimento mais amplo da complexa dinâmica da história das relações raciais e das ideias sobre raça e cor. O trabalho a ser feito com os alunos deve incluir fontes originais (cartas, documentos, fotografias e artefatos) que sirvam como instrumentos para uma compreensão mais autêntica de cada fenômeno em sua totalidade e para o reconhecimento de negros e indígenas como sujeitos históricos.

Palavras-Chave: 

História; Cultura Afro-Brasileira; Aprendizagem.

PDF_ico.png