A MATEMÁTICA FINANCEIRA NO CONTEXTO ESCOLAR

Anna Caroline Machado Guedes, Senicleide Gonçalves de Lima Campos

Resumo

Esta pesquisa refere-se a relevância do ensino da matemática financeira como metodologia ativa no sistema educacional da rede pública de ensino, uma vez que a mesma está inserida em nosso dia a dia e se usada como metodologia ativa, auxilia o indivíduo a conhecer como funciona sua moeda e ajuda a reduzir custos e potencializar lucros. O ensino da Matemática Financeira em sala de aula, desperta no aluno um conhecimento por meio da interação e análise crítica das operações financeiras de que faz uso diariamente e o emancipa dentro de um sistema onde a vantagem e o lucro estão constantemente presentes nas tomadas de decisões. O professor possibilita um ensino efetivo e eficaz, e torna o aluno um sujeito participativo e ativo no seu processo de construção do conhecimento e de cidadania. Ao analisar e resolver situações-problema que envolvam porcentagens, taxa de juros, finanças pessoais e investimentos, que são norteadores do surgimento da Matemática Financeira, o indivíduo converge por meio da lógica, para sua independência financeira. Entendemos que este estudo é importante do ponto de vista de sua utilização prática e da formação matemática e cidadã. O ideal é que, a curto prazo, elas tenham impacto e conscientizem, não só alunos, como também seus pais e consequentemente, a comunidade.

Palavras-Chave: 

Educação; Matemática financeira; Investimentos; Finanças.

PDF_ico.png