UMA LEITURA DISCURSIVA DO EROS PLATÔNICO PRESENTE NO AMOR DO CONTO “A vela ao Diabo” DA OBRA TUTAMÉIA (1967) DE JOÃO GUIMARÃES ROSA

Wanúbya do Nascimento Moraes Campelo Moreira, Liliane Afonso de Oliveira

Resumo

O presente estudo fará uma abordagem dialógica do autor João Guimarães Rosa com o autor Grego Platão acerca da temática amorosa. O artigo coteja a referida temática com relação às categorias platônicas sobre Eros, expressas no livro O Banquete (PLATÃO, 2001), com intuito de provocar anacronicamente a intertextualidade com Tutaméia: terceiras estórias (1967), de Guimarães Rosa. Para esta análise, dos 44 contos da obra rosiana foi selecionado o conto “A vela ao Diabo”, que aborda a temática amorosa, por meio de metodologia comparativista (WELLEK, 1970), leitura hermenêutica (YAUSS, 1967) e discursiva, esta última com fundamento teórico de Patrick Charaudeau (2001) e de Bahktin (1981).

Palavras-Chave: 

Eros; O Banquete; Tutaméia.

PDF_ico.png