RETINOPATIA DA PREMATURIDADE: REVISÃO INTEGRATIVA

Herundino Neto Moura Moreira, Flávia Nunes Vieira, Wanúbya do Nascimento Moraes Campelo Moreira, Salma Saraty Malveira, Heliana Helena de Moura Nunes

Resumo

O presente artigo tem como escopo fazer uma abordagem teórica, por meio de uma pesquisa descritiva sobre a Epidemiologia, o Diagnóstico e o Tratamento da Retinopatia da Prematuridade (ROP), pois trata-se de uma doença que pode levar a cegueira, causando grande impacto socioeconômico na vida de muitas famílias que porventura recebam alta hospitalar, com uma criança com sérias sequelas visuais. A obtenção de informações deste estudo efetivou-se por meio de uma pesquisa indireta, por meio de um levantamento bibliográfico de revisão integrativa sobre o tema, consubstanciando-se em uma pesquisa de resumo de assuntos. Levando-se em consideração a necessidade de prevenção de fatores que causam a ROP, a relevância do presente estudo constitui-se em apresentar a importância na triagem e tratamento da Retinopatia da Prematuridade, além de abordar a possibilidade de responsabilização judicial da equipe de saúde envolvida na triagem e tratamento da ROP. Como embasamento teórico para este estudo usamos os pressupostos de Vinekar, Anand; Gangwe, Anil; AgarwaL, Samarth; Kulkarni, Sucheta; Azad, Rajvardhan (2021); Yanoff, Myron; Duker, Jay S (2011) e Nakanami, Célia; Zin, Andrea; Belfort JR, Rubens (2010).

Palavras-Chave: 

Retinopatia da Prematuridade; ROP; Diagnóstico; Tratamento.

PDF_ico.png