A ESCOLA E A PESSOA COM DEFICIÊNCIA: DIÁLOGO COM PROFESSORES DA REDE PÚBLICA SOBRE AS DIFICULDADES DE INCLUSÃO E ACOMPANHAMENTO

Luciano dos Santos, Robson José de Moura Silva, Geraldo Rodrigues de Paiva, Yara Alves Damião de Lima, Patrícia Nonnenmacher, Maria Navegantina de Souza, Elilde Cardozo Sabino do Nascimento, Antonia Vanicia de Queiroz Silva

Resumo

O presente estudo visa compreender os discursos de professores da rede pública de ensino do Estado do Rio Grande do Norte quanto às dificuldades de atendimento enfrentadas na sala de aula meio ao processo de inclusão da pessoa com deficiência (PcD) e acompanhá-la para que se explore o máximo proveito do processo de ensino aprendizagem. O referencial teórico apresenta uma abordagem histórica sobre a evolução do processo de inclusão destes alunos na escola tradicional e contando com as contribuições de autores dedicados a esta temática, tais como, Mantoan (2011), Mendes (2006), dentre outros. A metodologia utilizada foi de natureza qualitativa com uma entrevista estruturada contendo oito questões de opinião pessoal. Os resultados revelaram a falta de uma formação adequada, da oferta de uma capacitação específica nas redes de ensino e de estrutura física para oferecer o melhor atendimento à PcD, assim como demonstram a falta de diálogo do poder público com os professores que vivenciam a sala de aula e a opinião destes professores de que a escola tradicional não seja, neste modelo educacional fragilizado, o melhor local para a educação da PcD. A significância deste estudo se dá por servir de base para futuras pesquisas relacionadas com a temática em evidência.

Palavras-Chave: 

Dificuldades de Inclusão. Escola Tradicional. Pessoa com deficiência.

PDF_ico.png