CONSIDERAÇÕES ACERCA DA PSICOMOTRICIDADE COMO CONDIÇÃO DA APRENDIZAGEM

Gletchen Camila Cirilio

Resumo

Este artigo apresenta a psicomotricidade e sua contribuição na aprendizagem da educação infantil. A partir da revisão bibliográfica específica percebe-se que, a psicomotricidade na educação infantil apresenta uma condição estratégica, no que diz respeito a compreensão dos princípios do desenvolvimento do corpo em suas teias de significados. A educação psicomotora deve ser considerada relevante no processo da aprendizagem, visto que ela demonstra ser competente na aquisição de um saber capaz de levar a criança a tomar consciência de seu corpo, a situar-se no espaço, dominar seu tempo e adquirir habilmente a coordenação de seus gestos e movimentos. Assim, abordar a ludicidade como estratégia psicomotor é, também, ampliar a visão sobre a inserção dos jogos e das brincadeiras na educação infantil como promotores do processo de ensino-aprendizagem atuando em condições social, afetiva, psicomotora, etc. De forma mais abrangente, a psicomotricidade e a ludicidade como estratégias de aprendizagem resultam em uma ação reflexiva sobre a vida, proporcionando à criança o prazer na construção do saber compartilhado com seus pares. Nesse sentido, no ato de brincar a criança agencia um conhecimento, cuja evidência demarca a motivação necessária para uma aprendizagem exitosa promovida pela psicomotricidade

Palavras-Chave: 

Psicomotricidade; Educação Infantil; Aprendizagem; Corpo.

PDF_ico.png