COMPARAÇÃO DOS CUSTOS DESDE O PLANTIO ATÉ A COLHEITA DO TIFTON E DO MILHO

Evelize de Fatima Gequelin, Sergio Cavagnoli Guth, Beatriz Lúcia Salvador Bizotto, Marta Elisete Ventura da Motta, Aprigio Teles Mascarenhas Neto

Resumo

O Brasil é um país com capacidade natural para o agronegócio devido às suas características e diversidades, principalmente encontradas no clima favorável, no solo, na água, no relevo e na luminosidade. A preocupação em obter menor custo, faz com que cada indivíduo busque formas de melhoramento. No agronegócio não é diferente, cada vez mais os empresários rurais buscam aperfeiçoamento e técnicas onde obtenham lucros. O presente trabalho tem por objetivo analisar as características pertinentes a cada silagem, verificar e comparar os custos desde o plantio até a colheita do tifton e do milho. Para tanto utilizou-se a metodologia de estudo de caso (único) em forma de pesquisa quantitativa, descritiva e bibliográfica. A pesquisa foi realizada em uma área de 30 hectares para cultivo do milho e de 30 hectares para o cultivo do tifton. Conclui-se que a cultura de milho para fabricação de silagem tem um custo de R$ 105,18 por tonelada e a de tifton R$ 190,64 por tonelada, portanto o cultivo de milho tem um custo menor, se comparado ao pré-secado de tifton, em virtude da prestação de serviço para a sua produção. Portanto, o cultivo de milho é o mais vantajoso analisando e comparando somente seus custos. Assim, sugere-se para futuros estudos analisar além de custos também valor nutricional de cada cultura, possibilitando assim a tomada de decisão e incluir e o custo do dinheiro no tempo.

Palavras-Chave: 

Tifton; Milho; Pré-Secados; Silagem; Custos.

PDF_ico.png