A INFÂNCIA ESCOLAR CAMPESINA: CONTEXTOS IMIGRATÓRIOS EM MOVIMENTOS DE PESQUISA E A FORMAÇÂO DO DOCENTE INTELECTUAL

Giovana Barbosa da Silva

Resumo

Este artigo objetiva apresentar “movimentos de pesquisas” constituídos da investigação sobre a docência com as infâncias imigratórias e campesinas presentes no interior do estado do Espírito Santo. Trata-se de um cenário fortemente marcado pela escolarização de crianças descendentes dos povos ítalo-germânicos, advindos dos contextos imigratórios ocorridos no estado entre os séculos XIX e XXI. Busca-se evidenciar dessa forma, os processos de formação continuada dos professores produzidos pelo contato com tais infâncias, os quais apontam para o conceito do “professor intelectual” tendo em vista a análise da práxis desempenhada pelos docentes com as infâncias atravessadas pela problemática da educação e da escolarização derivada do fenômeno social da imigração.

Palavras-Chave: 

Infâncias imigratórias; Movimentos de Pesquisa; Formação Docente; Docente Intelectual.

PDF_ico.png