NÍVEL DE CONHECIMENTO DOS ENFERMEIROS DA ATENÇÃO BÁSICA SOBRE A POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE INTEGRAL LGBT EM UM MUNICÍPIO DO INTERIOR DE PERNAMBUCO

Jonhnatas de Lima Espíndola, Thaisa Alice Portela da Silva, Maria Eulália Carneiro Leal, Mariana Gurbindo Flores, Giovanni Henrique Barbosa Santos da Silva

Resumo

A Política Nacional de Saúde Integral para lésbicas, gays, bissexuais e transexuais (LGBT) foi criada com o propósito de reduzir a desigualdade no acesso aos serviços de saúde ao público LGBT, causada pela discriminação e preconceito sofridos por essa população. O objetivo deste estudo foi pesquisar o nível de conhecimento do profissional enfermeiro sobre a Política e sobre a falta de acessibilidade da população LGBT às unidades básicas de saúde (UBS). A pesquisa teve caráter transversal e natureza quantitativa. Foi desenvolvida nas Unidades Básicas de Saúde do município de Caruaru, no estado de Pernambuco. Fizeram parte do estudo 13 enfermeiros assistenciais com idade entre 22 e 52 anos. Para a coleta de dados foi utilizado um questionário semiestruturado no modelo checklist, composto com escala tipo Likert.

Palavras-Chave: 

Assistência de enfermagem; Vulnerabilidade; Atenção à saúde

PDF_ico.png