BREVES CONSIDERAÇÕES ACERCA DA RELEVÂNCIA DA FORMAÇÃO CULTURAL A PARTIR DAS REFLEXÕES DE THEODOR ADORNO SOBRE A TEORIA DA SEMICULTURA E OS PROCESSOS DE BARBÁRIE

Simone da Conceição Rosa

Resumo

O cotidiano da educação, nomeadamente das escolas, tem sido permeado por fatos de violência complexos e alheios a explicações de senso comum. Nestas breves reflexões, revela-se a intenção de compreender como alguns textos de Theodor Adorno, membro da chamada Escola de Frankfurt (Teoria Crítica) expressou a importância da educação pelos conceitos de Semicultura, semi formação, apropriação cultural e a regressão à barbárie. Concorda-se com o autor quando defende uma consistente formação cultural, da mesma forma como concorda-se com as contradições que apresenta ao projeto iluminista. Contudo, postula-se que a formação cultural, como possibilidade de conferir certa autonomia, mesmo que relativa, aos homens, tem um papel e uma relevância cruciais e sua defesa, como faz Adorno, deve ser assegurada.

Palavras-Chave: 

Adorno; Semiformação; Semicultura; Violência.

PDF_ico.png