EDUCAR MENINAS E MENINOS SOB UMA PERSPECTIVA CO-EDUCATIVA

Raquel Simão Patrício

O presente artigo é uma resenha crítica da obra “Educar meninas e meninos: relações de gênero na escola”, da autora Daniela Auad. Com ele pretendemos contribuir para a reflexão sobre a educação de meninas e meninos no Brasil, a partir do conceito de Co-educação. Trata-se de uma pesquisa que nos convida a avaliar as práticas escolares, importantes instrumentos formadores de valores fundamentais dos sujeitos envolvidos e para a vida em sociedade, a partir da perspectiva das relações de gênero. Observando como, tais práticas, contribuem para refundar estereótipos sobre os comportamentos de homens e mulheres, base de inúmeras desigualdades. Ou contribuem – alinhadas à co-educação - para promover padrões emancipatórios que possibilitem melhorias nas relações sociais e, portanto, uma sociedade verdadeiramente democrática (baseada no direito à igualdade e respeito às diferenças).

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Co-educação; Escola Mista; Relações de Gênero.

Baixar texto completo

PDF_ico.png