AFETIVIDADE E PROCESSO DE APRENDIZAGEM ESCOLAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL:
WALLON E SUAS CONTRIBUIÇÕES

Michel Alves da Cruz

Juliana Motta

Paulo Fernando de Souza Campos

O estudo dos processos de formação inicial envolve a compreensão da afetividade como componente prioritário para Henri Paul Hyacinthe Wallon(1879 -1962). No contexto dos processos de ensino e aprendizagem estas concepções tomam uma proporção de maior relevância, pois que os mesmos são a gênese de outros processos que surgem ao longo da vida, os quais, apesar de diferenciarem-se entre si, incorporam a afetividade. Desse modo, é observável a influência da afetividade no aprendizado como proposto pelas teorias de Wallon (1879 -1962), as quais proporcionam uma interpretação acerca do tema, que se distancia da educação pautada por modelos estáticos convergindo para uma investigação na qual a pedagogia e a psicologia se subsidiam mutuamente. Notadamente na Educação Infantil, a afetividade se apresenta como componente decisivo, por isso, torna-se necessário o conhecimento por parte dos profissionais que atuam na docência, cujo resultado implica refletir sobre a qualidade das relações afetivas com o êxito no processo de ensino-aprendizagem na Educação Infantil.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Psicologia da Educação; Afetividade.

Baixar texto completo

PDF_ico.png