A IMPORTÂNCIA DA MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Raquel Helem Lopes

A partir de revisões bibliográficas, o presente artigo surge com o intuito de investigar sobre como acontecia o ensino da música em nosso país, qual era a importância que ele tinha para as gerações passadas e como as crianças aprendiam. Aborda-se as linguagens desenvolvidas pelo ensino da música e a contribuição da mesma para a formação integral do sujeito. Ainda, são feitas algumas análises críticas em torno da musicalidade na educação infantil e a sua simplificação nesta modalidade de ensino, reduzindo as possibilidades de trabalho a meros gestos repetitivos. Contudo, o objetivo maior é para a contribuição da prática docente na educação infantil ao que se refere o ensino musical. Desde os seus primeiros anos de vida, a criança passa a ter contato com a música, na verdade, desde que nasce. A música vai criando significados e formas na infancia, de modo que ela acaba se tornando um forte símbolo da cultura e o que lhe for sugerido. A música na infância, pode significar brincadeira de correr, de se esconder, de pular e de pegar, assim como também, pode significar momentos de partilhas, de afeições e de valorização do som. As experiências estéticas que são proporcionadas às crianças pequenas e podem ser conduzidas por diversos instrumentos, sendo que a música é um precioso elemento para isso.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Criança; Escola; Desenvolvimento; Música.

Baixar texto completo

PDF_ico.png