NIETSZCHE E A CRISE DO RACIONALISMO

Cláudia Aparecida de Oliveira Werneck Regina

O presente artigo utiliza como metodologia a revisão bibliográfica da obra de Friedrick Nietzsche como forma de restituição de sua filosofia de forma coerente e sistematizada. Ao refutar as concepções filosóficas oriundas do Racionalismo, Nietzsche fundamenta sua filosofia na ideia de vontade de potência (DER WILLEZUR MACHT ). Tece-se, pois, considerações especificamente sobre esse tema cuja inteligibilidade é crucial para a compreensão de toda sua filosofia. Seu pensamento critica contundentemente os pressupostos metafísicos e racionalistas do século XIX, atribuindo uma dimensão histórica aos valores socialmente estabelecidos bem como aos conhecimentos científicos e não normas estabelecidas aprioristicamente de forma transcendente.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Nietzsche; Filosofia; Vontade de potência.

Baixar texto completo

PDF_ico.png