ENSINO REMOTO: OPORTUNIDADES E DESAFIOS QUE O ISOLAMENTO SOCIAL TROUXE PARA A EDUCAÇÃO

Susete Aparecida Rodrigues Mendes

O termo remoto é sinônimo de: afastado, distante, longínquo. Para combater a proliferação do COVID-19, houve a necessidade de promover o isolamento social e para isso a suspensão das aulas presenciais, as quais exigiram das famílias, escolas, educadores e do sistema educativo como um todo, mudanças em suas rotinas, promovendo a transição das aulas realizadas em ambiente presencial para um ambiente digital. Esta transição abriu um leque de oportunidades para a reinvenção da prática educativa e muitos desafios para o processo ensino e aprendizagem. Evidenciou as facilidades e grandes contribuições que a tecnologia traz para a educação, mas também escancarou as fragilidades, as diferenças sociais que até então estavam omitidas e então foi notório que a maioria dos brasileiros não têm acesso a internet, muitos não possuem computadores, notebook, celular, falta conhecimento no uso da internet, preparação da infraestrutura tecnológica, fomento à inclusão e à equidade. O objetivo do presente artigo é discutir sobre o ensino remoto, desvelar o ensino remoto emergencial, revelando suas possíveis contribuições e desafios na educação brasileira.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Educação; Tecnologia; Remoto.

Baixar texto completo

PDF_ico.png