A ATUAÇÃO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO INFANTIL EM RELAÇÃO AO GÊNERO:
SEXUALIDADE INFANTIL, DISCRIMINAÇÃO SOCIAL E RELAÇÕES DE PODER

Mariana Cristina Lima Reis

Este artigo pesquisa trata da atuação dos professores de Educação Infantil em relação ao gênero e objetivou identificar e analisar na atuação dos docentes, os estímulos em relação ao gênero associados à sexualidade infantil, discriminação social e relações de poder. Os dados foram obtidos por meio de levantamento bibliográfico, sendo cinco artigos, três dissertações de mestrado e uma tese de doutorado, localizados nas plataformas de pesquisa SciELO, ANPEd e Fundação Carlos Chagas; a busca aconteceu de Julho de 2014 a Fevereiro de 2016. Como referencial teórico utiliza-se do conceito de gênero, compreendido por Scott (1995), bem como recorre-se à Teoria Crítica da Sociedade, à Psicanálise e à Psicologia Social, especialmente sobre as contribuições das obras de Adorno(2003) e Freud (1996), para delimitar, respectivamente, o entendimento sobre o indivíduo, a sociedade e a educação e sobre os conceitos de sexualidade infantil e discriminação social.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Prática docente; Gênero; Educação Infantil; Sexualidade Infantil; Discriminação Social.

Baixar texto completo

PDF_ico.png