A PSICOMOTRICIDADE E A CRIANÇA DA EDUCAÇÃO INFANTIL

Doriane de Oliveira Silva

O desempenho motor de crianças tem sido alvo de diversas investigações, considerando que a atividade motora faz apelo constante a um conjunto de processos cognitivos básicos envolvidos nas aprendizagens escolares.
Esta pesquisa vai nesse sentido ao abordar ainda que de forma sucinta, a importância da Psicomotricidade no desenvolvimento da criança na educação infantil. Assim, define-se o conceito de psicomotricidade, segundo alguns autores, realça-se a influência da motricidade no psiquismo do indivíduo e apresentam alguns exercícios práticos demonstrativos de atividades que podem ser desenvolvidas em grupos. O conceito de psicomotricidade é recente e inicialmente debruçou-se apenas sobre o desenvolvimento motor da criança. No entanto, atualmente, os autores definem psicomotricidade como a posição global do sujeito. Pode ser entendida como a função do ser humano que sintetiza psiquismo e motricidade com o propósito de permitir ao indivíduo adaptar-se de maneira flexível e harmoniosa ao meio que o cerca. A psicomotricidade destaca a relação existente entre a motricidade, a mente e a afetividade e procura facilitar a abordagem global da criança por meio de uma técnica. Verifica-se, portanto, que existe um amplo espaço ou área de intervenção da psicomotricidade, o que permite afirmar que esta pode exercer uma importante influencia na evolução pessoal e acadêmica dos indivíduos. Ajudando a criança a conseguir uma melhor e mais rápida maturação da sua psicomotricidade, sempre respeitando o seu ritmo, um melhor conhecimento do seu próprio corpo e do seu meio, farei uma contribuição para o seu desenvolvimento que ocorre e que é muito importante na fase de educação infantil.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Criança; Motricidade; Desenvolvimento; Aprendizagem.

Baixar texto completo

PDF_ico.png