A PALEONTOLOGIA NAS ESCOLAS PÚBLICAS DO CURIMATAÚ OCIDENTAL E SERIDÓ ORIENTAL PARAIBANO: UMA ABORDAGEM NA ÓTICA DOS PROFESSORES

Danielle Lima Tavares

Hévila Morgana Dantas Geminiano

Talita Kelly Pinheiro Lucena

Randson Norman Santos de Souza

Bruna Kelly Pinheiro Lucena

Marcus José Conceição Lopes

A paleontologia é uma ciência que auxilia na compreensão de conteúdos como as eras geológicas, a evolução das espécies e as modificações sofridas por elas ao longo do tempo. No entanto, o que se percebe é que a abordagem do tema no currículo escolar é considerada insatisfatória em sala de aula. Esta pesquisa objetiva mostrar como os professores das microrregiões paraibanas do Curimataú Ocidental e Seridó Oriental Paraibano visualizam estas dificuldades, fazendo uma análise quali-quantitativa do ensino da paleontologia por meio do preenchimento de um questionário, dividido em duas partes. Na primeira, fez-se uma análise do perfil destes docentes e, na segunda, foram aplicadas questões fechadas e abertas, nas quais os professores poderiam descrever todos os pontos principais sobre a maneira como a paleontologia é abordada em sala de aula. Os resultados obtidos demonstraram que os professores entendem a importância da paleontologia no ensino de Ciências e Biologia, uma vez que contribui para o desenvolvimento de conhecimentos científicos dos estudantes. Além disso, percebem também que o livro didático e o currículo escolar deixam a desejar quando o assunto é paleontologia. Mesmo com estas dificuldades, os docentes tentam inserir o tema na sala de aula, fazendo uso dos recursos que possuem para tentar contornar os problemas existentes.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Ensino de Paleontologia; Livros didáticos; Currículo escolar.

Baixar texto completo

PDF_ico.png