PROPOSTA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE ALGORITMOS PARA ALUNOS CEGOS: ADAPTAÇÃO PARA O MUNDO TÁTIL.

Marcos Serafim dos Santos

Juliana Campos Câmara Ribeiro

Este trabalho se baseia na inclusão de alunos cegos com a abordagem da proposta de adaptação de conteúdos da linguagem de programação que, por meio da conversão e confecção de protótipos, executa uma aplicação de materiais táteis criados com a transcrição de algoritmos do Portugol para a Linguagem Braille. Para realização deste estudo, adotou-se a metodologia experimental aplicada com um método de abordagem analítico. Após o estudo de uma base literária, o presente trabalho teve sua aplicação prática com uma aluna cega do curso Técnico em Informática, a fim de avaliar se a utilização dos protótipos adaptados facilitaria seu aprendizado. Concluiu-se que os materiais disponíveis nas instituições de ensino de alguns componentes curriculares não atendem as particularidades do aluno cego. Diante disso, fez-se teste de utilização de protótipos transcritos para o Braille e se constatou que a utilização desses modelos trouxe uma proposta propícia.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Cegueira; Linguagem Braille; Lógica de Programação; Algoritmos; Portugol.

Baixar texto completo

PDF_ico.png