O ENSINO DE BOTÂNICA E A PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA NA FORMAÇÃO DE JOVENS DO CAMPO NO INTERIOR DO ESTADO DA BAHIA

Viviane Pereira Santos

Guadalupe Edilma L. de Macedo

O presente artigo tem como objetivo principal identificar e analisar como acontece o processo do ensino de botânica e da Pedagogia da Alternância na formação de jovens do campo, de escolas situadas no interior do estado da Bahia. A pesquisa está sendo desenvolvida em três escolas do campo no interior do estado, que empregam o regime da Pedagogia da Alternância, da qual participa professores de biologia, alunos do ensino médio/ técnico profissionalizante, coordenadores e pais de alunos das instituições de ensino. A proposta de análise será realizada com escolas das cidades de: Jaguaquara, Presidente Tancredo Neves e Ruy Barbosa. A abordagem será de cunho qualitativo, os dados coletados serão registrados no diário de campo e, logo após, será feita a análise de conteúdo. A pesquisa encontra-se aprovada pelo comité de ética (CEP/UESB), seguindo até o momento com visitas nas escolas para a fase de coleta de dados.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Estudo dos vegetais; Ensino-aprendizagem; Educação do campo.

Baixar texto completo

PDF_ico.png