A APROPRIAÇÃO DAS IDEIAS DE NIETZSCHE NA FORMAÇÃO DO NACIONAL SOCIALISMO ALEMÃO

Luciano Felipe da Silva Oliveira

O presente artigo tem por objetivo apresentar a relação que havia entre a Alemanha Nazista e os textos de Nietzsche. O século XX apresentou muitas barbáries, e inegavelmente algumas das maiores foram realizadas pelos nazistas, durante o governo de Hitler. A humilhação sofrida pela Alemanha, após a derrota na Primeira Guerra Mundial, que culminou com a assinatura do Tratado de Versalhes, foi explorada pelo Nacional Socialismo Alemão para convocar a população para a reconstrução da Alemanha, num Reich de mil anos. Muitos alemães participaram diretamente das ações antissemitas, e exaltavam o nacionalismo defendido pelo Führer. A importância do artigo está em rever e analisar de que maneira o Nacional Socialismo se utilizou da filosofia de Nietzsche para fundamentar sua ideologia, baseado na ideia de superioridade da raça ariana, e se aproveitando da fraude em seus escritos, feitas por sua irmã Elisabeth Förster. Os escritos de Nietzsche, por meio de aforismos, permitem múltiplas interpretações, mas as obras do filósofo indicam seu desprezo pelo antissemitismo e nacionalismo, tão exaltados pelos nazistas. Em Richard Wagner, é evidente grande contradição na apropriação que o nazismo fez das ideias de Nietzsche, pois o filósofo já rompera com o Wagner por muitos dos motivos que eram enaltecidos por Hitler. Historicamente, muitas ideologias são criadas e utilizadas para criar ou manter um sistema, se fundamentando em apropriações indevidas de teorias.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Antissemitismo; Nacionalismo; Nazismo; Nietzsche ;Vontade de Poder.

Baixar texto completo

PDF_ico.png