O LÚDICO COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO DA MATEMÁTICA

Fábio Mendes Ramos

Flávia Xavier de Farias

Rodrigo Marques do Nascimento

Daniel Martins Nunes

Os desafios no ensino e aprendizagem de matemática têm sido cada vez mais assunto de discussão no ambiente educacional. Nesse contexto, destaca-se a busca por novas ferramentas de ensino capazes de favorecer uma aprendizagem significativa da matemática. Entre essas ferramentas, destaca-se o lúdico, que é uma proposta pedagógica prevista, apesar de pouco utilizada, em documentos que regem o ensino no Brasil como, por exemplo, nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs). Por meio do lúdico, a matemática é apresentada aos alunos de maneira interativa por meio de jogos e dinâmicas, estimulando o raciocínio, criatividade e capacidade de resolver e solucionar problemas práticos do cotidiano. Nessa perspectiva, por meio de uma abordagem qualitativa, este trabalho analisa a utilização de jogos e brincadeiras no desenvolvimento dos alunos do Ensino Fundamental na disciplina de matemática. Para tanto, realiza-se o desenvolvimento de um minicurso intitulado “Calculogia” junto aos alunos do sexto ano de uma escola pública do município de Januária com intuito de verificar as contribuições dos jogos no processo de ensino e aprendizagem. Percebe-se que os jogos é uma ferramenta capaz de minimizar bloqueios apresentados por muitos alunos no que diz respeito a aprendizagem da matemática e transformar o aprendizado dessa disciplina em ação prazerosa e de fácil abstração

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Educação. Matemática. Lúdico. Jogos. Aprendizagem.

Baixar texto completo

PDF_ico.png