JOGOS NA PERSPECTIVA PSICOPEDAGÓGICA

Luzia Macario Gomes Bertozzi

Este artigo tem por finalidade apresentar o jogo como veículo articulador da aprendizagem. Segundo pesquisas científicas, a concepção humana ocorre por meio de um jogo – um espermatozóide estrategicamente chega rapidamente ao óvulo que será fecundado – eis o jogo da vida! Acredita-se que é mais fácil e eficiente para o educando aprender por meio de jogos, pois a atividade em si possui componentes do cotidiano, despertando o interesse daquele que aprende, tornando-o sujeito ativo da própria aprendizagem. Jogando, a criança dispõe de atividades cognitivas aliadas à linguagem, ações estratégicas, levantamento de hipóteses, atenção e concentração, assim encaminhando o educando a construção do conhecimento real, sistematizado e genuíno.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Jogos; Psicopedagogia; Aprendizagem.

Baixar texto completo

PDF_ico.png