EDUCAÇÃO E LITERATURA:
O EROTISMO NA POESIA DE MANUEL BANDEIRA

Daniela de Molla Amâncio

O artigo objetiva discorrer brevemente sobre a importância do erotismo na literatura, desde a Antiguidade Clássica quando foi natural e largamente utilizado pelos escritores, passando ainda, pelo obscurantismo da Idade Média em que foi alçado, mas nunca subutilizado, pois sempre esteve presente na literatura e continua nos dias atuais. O erotismo existe desde tempos remotos na Literatura Brasileira, como mostra-se nos decorrer os períodos literários que o utilizaram como tema, o que demonstra sua importância. Discorrer–se-á também sobre como o tema erotismo foi utilizado na poesia de Manuel Bandeira que nos fornece uma clara compreensão de como a poesia modernista brasileira abordou o tema “erotismo”. Entende-se necessário compreender as entrelinhas nas poesias do autor, levando à reflexão e compreensão da importância do tema Erotismos para o próprio, haja vista que o erotismo em suas poesias foi muito utilizado sob o véu de sua escrita talentosa que a impediu de ser rotulada como pornográfica ou obscena. O erotismo em sua poesia é expresso por meio da sensualidade feminina retratada em suas poesias e até mesmo como desejo carnal, por meio da exaltação do corpo feminino.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Educação; Literatura; Poesia; Erotismo.

Baixar texto completo

PDF_ico.png