ASPECTOS HISTÓRICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DA ARTE NO BRASIL:
ENSINO DA ARTE NO BRASIL A PARTIR DA PROPOSTA TRIANGULAR

Maria Daniela dos Santos

Este artigo tem o intuito de apresentar de forma sucinta as abordagens históricas e metodológicas aplicadas à arte na educação no Brasil, fundamentada na Proposta Triangular, sistematizada e apresentada por Barbosa (2003), e mostrar sua relevância e inserção no fazer artístico na educação. A partir de um breve relato da história do ensino da Arte no Brasil serão abordados os aspectos pedagógicos, sociais e políticos no que tange à Proposta Triangular, no resgate da história da arte-educação no Brasil, bem como o modernismo no Ensino da Arte sob a perspectiva de Dewey (1859 - 1952), desde os anos de 1980 aos dias atuais. Neste período poderemos constatar que no ensino da arte havia uma busca crescente por ações que valorizassem as vivências dos alunos, que se relacionem com as questões sociais e que favoreçam o desenvolvimento de uma consciência crítica. Assim, a Arte-Educadora Barbosa (2003), foi de vital importância para ao propor uma nova forma de ensinar arte no Brasil. Desse modo, torna-se urgente, abordar aspectos pertinentes ao papel do arte-educador, na mediação, no contexto educacional das novas metodologias e concepções acerca da arte enquanto cognição e estratégia de atuação e a articulação em torno das três ações previstas na Proposta Triangular: contextualização, leitura de imagens e produção artística.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

História da Educação; Proposta Triangular; Ensino da Arte.

Baixar texto completo

PDF_ico.png