PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NA PERSPECTIVA INCLUSIVA:
ESTRATÉGIAS E RECURSOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES E TALENTOS NO AMBIENTE ESCOLAR

Fabiana Bento do Prado

Objetiva-se com esse texto apontar algumas características gerais da relação da educação com os casos de superdotação e altas habilidades. Revela-nos ser importante a discussão sobre tal tema tendo em vista a perspectiva da inclusão. Muitos estudos tratam da inclusão daqueles alunos considerados deficientes, acabando por esquecer-se da inclusão daqueles que em alguma medida podem ter dificuldades de ajustamento social por conta de suas características intelectuais superiores. Desta forma, o lastro deste estudo é apontar as principais características da superdotação e altas habilidades, evidenciando o trato no ambiente educacional e os respectivos princípios de inclusão. Para tanto, recorremos à bibliografia específica, que por sua vez, fundamentou a pesquisa de campo. Por fim, ao final da pesquisa e estudo, foi possível perceber que existe uma insuficiência de estudos sobre a inclusão da pessoa superdotada e com altas habilidades, refletindo por sua vez, nas práticas inclusivas escolares cotidianas.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Superdotação e altas habilidades; educação inclusiva; práticas escolares inclusivas.

Baixar texto completo

PDF_ico.png