PLANEJAMENTO DO ATO PEDAGÓGICO E AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM: VELHAS E NOVAS PRÁTICAS DOCENTES NO INTERIOR DA ESCOLA

Vitor Sacomano de Oliveira

O objetivo geral do presente texto é discutir a prática docente entrelaçando basicamente três componentes: “didática”, “planejamento do trabalho pedagógico” e “avaliação da aprendizagem”. E, também, pensar como os diferentes tipos de avaliação escolar (formativa e mediadora) devem conter o princípio da inclusão dos estudantes e uma escola democrática. A justificativa desse artigo repousa sobre a necessidade de se interligar esses processos pedagógicos, tendo como eixo o ensino-aprendizagem-avalição, com uma prática docente mais inclusiva. A literatura especializada possibilitou uma interpretação do campo e a conexão entre vários componentes da docência: os saberes da didática e a relação com a cultura; a imbricação entre o planejamento pedagógico a avaliação da aprendizagem; as concepções e os tipos de avaliação (formativa e mediadora); e, por fim, a temática de práticas de ensino e avaliação inclusivas dentro da escola, tendo em vista um mundo mais democrático. Em outras palavras, as conexões entre componentes do ato pedagógico, desde a discussão acerca do papel da didática no mundo atual, passando pelo planejamento do ensino e chegando na avaliação e as suas implicações para o trabalho docente e a construção de relações democráticas no interior da escola.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Didática; Planejamento pedagógico; Avaliação formativa; Avaliação mediadora; Avaliação inclusiva; Escola democrática.

Baixar texto completo

PDF_ico.png