O DESENHO NA CONSTRUÇÃO DA APRENDIZAGEM INFANTIL:
DESENVOLVIMENTO DA CRIATIVIDADE E DA PERCEPÇÃO VISUAL

Julie Andrade dos Reis

A criança tem contato com o desenho desde bem pequena, geralmente. Difícil uma criança que não goste de desenhar, mesmo sem frequentar a escola e possuir conhecimentos artísticos, explora a arte dos rabiscos utilizando de materiais como lápis de cor, giz de cera e tinta guache. Os temos dos desenhos costumam ser a natureza, suas famílias e casas e personagens favoritos. O prazer da criança é mostrar seus desenhos e sem medo de julgamentos, serem elogiados. É importante que os pais valorizem essa fase dos pequenos, incentivando e possibilitando meios para que criem e explorem o uso de diferentes materiais, desta forma dando espaço para que desenvolvam habilidades que serão aprimoradas futuramente. Por mais que o desenho seja representado por riscos e rabiscos, desprovidos de “estética” e não condigam com a realidade das formas, têm seu valor, pois é por meio desses desenhos que a criança se expressa e deixa fluir suas emoções, até mesmo as do seu inconsciente. Muitos são os sentimentos ligados aos desenhos que elas produzem, pois se trata da forma como elas enxergam o mundo por meio do seu imaginário, e o mesmo não tem limitações. Os movimentos feitos no ato de desenhar da criança são importantes, pois preparam o corpo e o cérebro para o desenvolvimento futuro da escrita.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Educação; Desenho; Aprendizagem.

Baixar texto completo

PDF_ico.png