INCLUSÃO: FAMÍLIA E ESCOLA

Maria Clara Stacco Oliva

A perspectiva primordial da inclusão é a certeza de que não existem pessoas iguais e são exatamente as diferenças entre os seres humanos, que o caracterizam. O aluno é então compreendido como um ser único, singular e social, que tem sua história de vida, constituindo-se então um ser histórico diferente. É possível afirmar que algumas escolas encontram-se (des) orientadas frente às perspectivas de inclusão no ensino desses alunos com necessidades especiais, principalmente porque este novo paradigma exige um repensar sobre o fazer pedagógico, uma transformação da escola atual para uma escola para todos, permeada pelo respeito ao sujeito singular e social. O artigo apresenta a influência da família e da escola na promoção da inclusão.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Educação; Família; Inclusão; Escola.

Baixar texto completo

PDF_ico.png