ENSINO HÍBRIDO:
O DESAFIO DO PROCESSO EDUCATIVO DIANTE DO CENÁRIO DA PANDEMIA DA COVID-19

Frairon César Gomes Almeida

Haline Janaína Franco Almeida

O presente artigo desenvolve-se a partir de um estudo a respeito do ensino híbrido e os desafios desse método diante da pandemia da COVID-19. Notoriamente, entende-se que a educação vem constantemente perpassando por grandes transformações e ampliando seu espaço de acesso ao conhecimento, possibilitando que mais pessoas possam ser inseridas no contexto do ensino formal. O ensino híbrido vem a ser o uso dos recursos tecnológicos aliado ao ensino presencial, permitindo ao aluno ser o protagonista na obtenção do seu conhecimento. Esse formato de ensino tornou-se mais difundido e conhecido no território brasileiro a partir da pandemia da COVID-19 que fez com que as instituições de ensino tivessem uma iniciativa cuja finalidade fosse dar assistência ao aluno nesse momento em que ele não estava tendo aulas presenciais. Contudo, ao mesmo tempo que se tenta desenvolver esse método de ensino se desvela nossos reais desafios e obstáculos que são pautados nesse estudo. O artigo desenvolveu-se a partir de uma análise bibliográfica e exploratória, fundamentada em materiais publicados em livros e periódicos e nas literaturas de Bacich et al (2015), Moran (2015), Horn e Staker (2015), entre outros. Assim, espera-se que o estudo aqui apresentado possa servir como disparador para pesquisas posteriores e reflexões a respeito dessa temática.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Método; Protagonista; Obstáculos.

Baixar texto completo

PDF_ico.png