A MUSICALIZAÇÃO AFRICANA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Leidiene David de Brito

O objetivo desse artigo é refletir sobre a influência africana na população brasileira e a importância do uso da musicalização africana na educação infantil, como forma de expressar a cultura desse povo desde a infância. Entender o processo da construção histórica e cultural no Brasil, possibilitando o entendimento da influência da cultura africana no nosso país. É importante desde a infância que o fazer pedagógico ocorra de forma ampla e trabalhe as diversidades existentes em nossa sociedade, sendo uma delas as questões étnico-raciais, que busquem a valorização da cultura africana em nosso povo, tornando essa cultura presente no dia a dia das crianças sendo assim, mais significativa para a vivência deles. As práticas pedagógicas nos dias de hoje ainda possuem uma visão eurocêntrica, que é marcada por diversas questões, nas quais o racismo provocou a segregação entre brancos e negros, principalmente no Brasil. Este trabalho busca uma possibilidade de trazer a matriz de cultura africana para o fazer pedagógico com o uso da musicalização de forma lúdica, pois, a matriz africana traz o ritmo como uma expressão da energia vital. A música por sua vez é um grande instrumento de aprendizagem na educação infantil que explora em diversas situações do dia a dia os sons, seja pelo som da voz, corpo ou objetos diversos. Por meio de atividades lúdicas, o trabalho de intervenção pedagógica possibilita a descoberta de vários sons retirados de materiais sonoros, despertando a curiosidade e o desenvolvimento musical nas crianças.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Educação Infantil; Música; África; Cultura; Sons.

Baixar texto completo

PDF_ico.png