QUEM CONTA UM CONTO AUMENTA UM PONTO:
A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS

Nivia Maria Orneles Penha Ramos

O estudo apresenta a Contação de Histórias na aprendizagem das crianças na Educação Infantil. Na atualidade os estudos sobre o letramento possibilitaram um olhar diferenciado sobre as práticas de leitura, especialmente na Educação Infantil. Contudo, mesmo com sua contribuição positiva nem sempre a Contação de Histórias é promovida pelos educadores, dessa forma o problema da pesquisa é como os Contos de Fadas podem ser trabalhados na Educação Infantil. O objetivo geral é destacar a importância da Contação de Histórias para a formação afetiva, cognitiva e social da criança. Os objetivos específicos são: Apontar a importância da leitura na sociedade atual, estreitar contato entre as crianças pequenas e o mundo literário; refletir sobre o papel docente na Educação Infantil. A metodologia usada no estudo é a pesquisa bibliográfica de periódicos e artigos, dentre os selecionados; Souza e Cosson (2014); Gomes e Pereira (2012); Souza e Bernardino (2011); Silva (2012). Dentre outros. Os resultados apontam que a leitura é fundamental na atual sociedade letrada e as práticas que aproximam a criança da leitura devem ter início desde sua inserção na Educação Infantil, especialmente a prática de contar histórias, pois é um recurso apreciado por crianças pequenas.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Aprendizagem; Educação Infantil; Psicomotricidade.

Baixar texto completo

PDF_ico.png