O PROCESSO DE INCLUSÃO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES ESPECIAIS NA UNIDADE ESCOLAR DOM PEDRO II

Anecy de Almeida Lopes Neta

Esse artigo tem como objetivo principal observar se o atendimento especializado está sendo ofertado aos educandos com necessidades especiais, e se os profissionais dessa modalidade de ensino são devidamente capacitados e se as estratégias utilizadas para desenvolvimento do processo de inclusão é satisfatório e se proporcionam aceitação por toda instituição escolar. Tendo como objetivos específicos analisar o atendimento especializado e verificar quais os recursos que estão sendo utilizados para o processo de inclusão; observar se a escola oferece condições para o processo de inclusão, e verificar se os docentes participam de formações continuadas com temas afins. O problema que norteia é se a Escola Estadual Dom Pedro II está oferecendo como determina a Legislação o Atendimento Especializado aos alunos com necessidades especiais, tendo como hipótese que norteia o artigo é se a falta do atendimento especializado gera na Unidade Escolar, dificuldade no processo de inclusão. Buscou-se identificar fontes de pesquisas em livros, artigos e revistas e pesquisa campo por meio de um questionário aplicado a professora da modalidade de ensino especial. A inclusão é necessária em todo lugar, tanto deficiente intelectual, físico, visual e ou pessoas com mobilidade reduzida ou que apresentem dificuldade no processo de ensino e aprendizagem, precisam de um atendimento especializado que garanta sua inclusão no processo escolar e na sociedade.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Inclusão; Educação; Atendimento Especializado.

Baixar texto completo

PDF_ico.png