ARTE NO METRÔ: LINHA VERMELHA

Luana Santos Lima

Este artigo relata as obras de arte pública que estão dentro do metrô de São Paulo, mais precisamente sobre a linha vermelha, conta como as obras de arte saíram das galerias e museus para fazer parte da estação, também visa demonstrar qual a finalidade de se expor obras de arte em um local como este; como é avaliado as obras de arte e como é feito a seleção dos artistas para expor seus trabalhos; e também como é feito o restauro das obras, a limpeza e o marketing do “Projeto de Arte no Metrô”. Nosso trabalho de pesquisa é fazer uma iconografia de três obras e seus artistas que estão dentro de três estações do metrô, que consideramos de maior fluxo, que é a da, Corinthians Itaquera com a obra “A Catedral do Povo” do artista Gountran Guanaes Netto, no metrô Sé com a obra “Colcha de Retalhos” do artista Claudio Tozzi, e no metrô Palmeiras Barra Funda com o obra “A Roda” do artista Emanuel Araújo. Além de fazer um breve comentário sobre todas as obras de arte e os artistas que compõem o quadro do acervo permanente da linha vermelha do metrô.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Metrô; Arte; Obra.

Baixar texto completo

PDF_ico.png