A SIMBIOSE ENTRE CASA GRANDE E SENZALA E MENINO DE ENGENHO: A REPRESENTAÇÃO DO NORDESTE BRASILEIRO

Daniel Mendes Gomes

Este artigo tem como objetivo verificar as proximidades de dois autores que escreveram sobre o Nordeste Brasileiro em tempos do predomínio do sistema agrário com base no latifúndio, na escravidão e no cultivo da cana-de-açúcar. Esse sistema de trabalho repercutiu diretamente nas formas de relações sociais vividas nesse momento emergindo a figura do pater-famílias, o senhor de engenho, no comando da família, dos trabalhadores do eito ou do entorno de suas propriedades.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Representação do Nordeste; História do Brasil; Literatura brasileira.

Baixar texto completo

PDF_ico.png