A IMPORTÂNCIA DAS BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Esther Garofolo Pereira Dias de Arruda

O artigo propõe analisar sobre o papel que os jogos, as brincadeiras e os brinquedos exercem no desenvolvimento da criança, de modo a despertar seu interesse e a sua motivação, afinal o brincar, tanto no início como durante toda a vida, faz parte do dia a dia de cada um, favorecendo a construção prazerosa do viver e da convivência social. Ao relembrar a primeira infância, pensamos em ludicidade, imaginação, fantasias e sonhos, sendo assim, não tem como falar em criança sem falar em brincadeiras, brinquedos, jogos e cantigas de roda, formando a linguagem lúdica formativa na cultura da criança. Neste estudo foi necessário saber o significado do brincar, conceituar os principais termos utilizados para o ato de brincar, sendo primordial pontuar o papel do educador neste processo lúdico, e ainda, os benefícios que o brincar proporciona ao aluno. Assim, as fundamentações teóricas, trazem reflexões sobre a importância do brincar no desenvolvimento infantil e suas significativas relações com contexto social e histórico do indivíduo, bem como, as novas concepções do educador sobre a utilização de jogos e brincadeiras como recursos indispensáveis ao aprendizado das crianças.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Brincar; Educação Infantil; Brincadeiras; Brinquedos.

Baixar texto completo

PDF_ico.png