A DESMISTIFICAÇÃO DO TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE NO CONTEXTO FAMILIAR E EDUCACIONAL

Paula Pisano Ataide

O presente artigo vem com o escopo de conhecer o Transtorno de Déficit de Atenção, suas causas, consequências, tratamento e a efetiva maneira de se trabalhar com crianças com este distúrbio, sem segrega-las ou rotulá-las em sala de aula, pois quando se fala em inclusão defende-se a ideia de inserção de alunos com quaisquer déficits e necessidades, cabendo às escolas se adaptarem às necessidades dos alunos, ou seja, a inclusão acaba por exigir uma ruptura com o modelo tradicional de ensino, exigindo uma transformação da escola. Busca-se com o presente entendimento e compreensão desse distúrbio, visto não raro, como catastrófico, irreparável e até mesmo como falta de limite dos pais, descentralizando a responsabilidade ao que tange a educação, levando a criança ao desinteresse, traumas, evasão, revolta etc. Destarte, espera-se com o conhecimento de suas causas, possibilitar o tratamento e a obtenção de formas pedagógicas efetivas para lidar com tais alunos, a fim de tornar sua vida acadêmica prazerosa e produtiva.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

TDAH; Inclusão; Distúrbio.

Baixar texto completo

PDF_ico.png