A CONTRIBUIÇÃO DO NEUROPSICOPEDAGOGO NO CONTEXTO ESCOLAR

Mislene Gonçalves do Nascimento

Este artigo objetiva pesquisar os principais conceitos sobre a Neuropsicopedagogia, assim como seu objetivos, contribuição no tratamento de sintomas e transtornos que afetam o cérebro e a aprendizagem do aluno, sua importância no meio educacional, sua ligação com a Psicopedagogia, seja clínica ou institucional, contribuindo para sanar as dificuldades de aprendizagens encontradas pelos alunos ou por outro paciente qualquer em seu meio normal de vida. Sabendo-se que a Neuropsicopedagogia auxilia no tratamento de vários problemas que afetam o desenvolvimento normal da pessoa, é que surge o interesse em conhecer melhor esta especialidade e sua teoria, seu campo de atuação, sua importância no como atendimento clínico, e os principais procedimentos que devem ser adotados no tratamento dos problemas que afetam o cérebro. Na interação com o ambiente escolar, a Neuropsicopedagogia Clínica vem conquistando aos poucos, o seu espaço no Brasil, surgindo como uma nova área do conhecimento e pesquisa na atuação interdisciplinar, agregando conhecimentos neurocientíficos, tendo como foco os processos de ensino aprendizagem, em uma visão mais atualizada. A Psicopedagogia conhecida como aquela que atende crianças com dificuldades de aprendizagem, com sua teoria e método de intervenção não muito distante, pode ser compreendida como parceira durante o processo de tratamento, que faz uso de diversas áreas do conhecimento, interligados com assuntos psicopedagógicos, buscando reduzi-los ao menor prejuízo possível para o aluno no contexto educacional.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Neuropsicopedagogia Clínica; Cérebro; dificuldade de aprendizagem; Ambiente Escolar.

Baixar texto completo

PDF_ico.png