DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DA LEITURA E ESCRITA NA PRIMEIRA FASE DO ENSINO FUNDAMENTAL

Ivone Iane da Silva

O presente artigo trata de uma análise sobre a importância de se trabalhar as dificuldades de aprendizagem na leitura e escrita da primeira fase do ensino fundamental, delimitando assim o estudo na 1º serie, sob a justificativa de ser imprescindível o desenvolvimento de práticas significativas de leitura e escrita desde o início da escolarização do indivíduo, de maneira que as dificuldades de aprendizagem sejam sanadas e/ou minimizadas, contribuindo para uma vida estudantil efetiva e exitosa. A pesquisa partiu da problemática de que as deficiências de aprendizagem são decorrentes de uma prática docente ineficaz, que inicia ainda na primeira fase do ensino fundamental e culmina em prejuízos ao longo da vida escolar do indivíduo. O trabalho teve como objetivo geral trabalhar as dificuldades de aprendizagem na leitura e escrita de alunos do 1º ano do ensino fundamental, em uma escola pública de Colina do Tocantins. A metodologia do trabalho, quanto à abordagem classifica-se como qualitativa, quanto ao objetivo, é uma pesquisa exploratória, e com relação aos procedimentos, trata-se de uma pesquisa bibliográfica, sendo desenvolvido sob a fundamentação teórica de vários estudiosos da área como: Souza (1996); Assis (1990); Fonseca (2005); Antunes (2008); dentre outros.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Dificuldades de Aprendizagem; Leitura e Escrita; Docência; Ensino Fundamental.

Baixar texto completo

PDF_ico.png