AMPLIAÇÃO DO OLHAR SENSÍVEL DO PROFESSOR

Sandra Regina Farina de Lima

O presente artigo trata da íntima relação estabelecida entre a formação do professor e a cultura, apontando as relações de ambos com o processo de desenvolvimento das crianças, sobretudo na Educação Infantil. O objetivo principal deste estudo é organizar saberes que possam alimentar reflexões sobre o tema abordado. Inicialmente o texto fala com o leitor sobre a importância da formação de professores, em especial a formação cultural, para que possa oferecer para além do conhecimento que os livros trazem. Em seguida apresenta uma síntese sobre a definição de cultura utilizada neste trabalho. Tem o objetivo de discutir sobre como a formação do professor pode facilitar ou limitar o processo de mediação entre a criança e o mundo. Assim, enquanto facilitador pode ampliar o olhar de professores e crianças sobre as coisas do mundo, entendendo que em cada professor narra-se uma história, uma vivência e um aporte cultural. Nesse sentido o processo de formação continuada desse profissional é um processo individual, resultado dos aspectos cognitivos relacionados ao cotidiano educativo da infância, do jogo, das interações, das linguagens, das ampliações dos conceitos, com toda sua bagagem ética, estética, política.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Professores; Cultura; Estética.

Baixar texto completo

PDF_ico.png