PRÁTICA DA MEDITAÇÃO NA EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI: APRENDENDO SOBRE EMOÇÕES E VALORES HUMANOS –
UM ESTUDO DE CASO

Suzete Alves de Oliveira

Dentre os pilares da educação do século XXI é necessário aprender a ser e aprender a conviver. Para que isso seja possível na escola, deve-se promover um espaço de aprendizagem dos valores humanos nas diversas áreas do conhecimento, por meio do qual a criança possa sensibilizar-se para transformar a sociedade em um lugar democrático, justo e igualitário. Para isso, também é necessário que cada um possa aprender a ser, conhecendo suas emoções e aprendendo a lidar com ela no convívio com as outras pessoas. As técnicas meditativas apresentam-se como uma ferramenta na prática escolar oportunizando a reflexão dos valores humanos e a capacidade de agir com sabedoria, por meio de suas emoções nas relações humanas. Este artigo apresenta um estudo de caso em que uma turma de alunos entre 7 e 8 anos trabalhou com técnicas meditativas, por meio da qual foi possível a aprendizagem de sentir as emoções, percebendo a si mesmo e os outros, desenvolvendo o exercício da empatia e a reflexão sobre os valores humanos como forma de transformar o mundo em que vivemos.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Valores humanos; Práticas meditativas; Escola.

Baixar texto completo

PDF_ico.png