CONCEITO DE INFÂNCIA POR MEIO DA OBRA DE RUTH ROCHA

Andréa Cristina Dos Santos Viviani

Neste artigo abordamos, por meio de pesquisa bibliográfica, as diferentes concepções de infância inseridas nas obras de Ruth Rocha (1931), e a maneira como ela difere da maioria do conteúdo da literatura infantil, por estabelecer seu próprio projeto de comunicação com a criança, transitando entre o universo mágico (típico da literatura infantil) e entre a crítica à realidade social. Pela leitura de sua obra, a criança adquire poder social, aumentando seu conhecimento como cidadão, passando a conhecer seus direitos e deveres. Analisa-se a forma como alguns livros de Ruth Rocha (1931), abordam a criança como criadora de cultura de acordo com a interlocução que fazem com seus pares no contexto histórico em que as crianças estão inseridas.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png