A IMPORTÂNCIA DA SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAL PARA A INCLUSÃO DE EDUCANDOS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA/ SURDEZ

Miriam da Silva Frederico Santos

Este artigo tem como objetivo observar o processo de inclusão dos educandos Surdos na sala regular com apoio do professor da Sala de Recursos Multifuncionais. O interesse por este tema surgiu durante observações de estágio de um curso de especialização em Educação Especial com ênfase na deficiência auditiva/surdez foi possível observar como se dá o processo inicial de inclusão desses educandos. Durante a realização deste trabalho alguns professores relataram suas expectativas e dificuldades em trabalhar inicialmente com os educandos Surdos bem como os avanços obtidos após a intervenção do Professor de Sala de Recurso por meio de formação que subsidiaram e ampliaram suas práticas em sala de aula. Observamos que a primeira ação da Equipe Educacional com o Público alvo da Educação Especial ocorre a partir do acolhimento dos educandos e educandas juntamente com seus responsáveis, na qual a equipe gestora faz inicialmente uma conversa com a família, recolhe os documentos médicos, como laudos e atendimentos que os educandos realizam no âmbito da saúde. No segundo momento é feita uma avaliação pedagógica desses educandos juntamente com o professor da Sala de Recursos Multifuncionais que avaliam quais apoios à criança necessita para melhor desempenho na sala comum. O professor de atendimento educacional especializado indica quais recursos serão necessários para o melhor desenvolvimento cognitivo dos educandos e educandas público alvo da Educação Especial. Entre esses recursos são apontados além do professor especialista, a atuação do instrutor e do intérprete para os educandos surdos. A atuação de todos os envolvidos no processo ensino e aprendizagem, quando trazem objetivos bem definidos, garantem o melhor aproveitamento dos conhecimentos, além de contribuir para melhor desenvolvimento cognitivo dos educandos. Surdos. Os resultados desta pesquisa convergem para a utilização, como subsídios, para atuação do Professor da Sala de Recursos Multifuncionais e da sala comum em relação ao desenvolvimento dos educandos. Surdos sem prejuízo em seu processo de ensino e aprendizagem, bem como fornece estratégias de avaliação que inclua, adaptações que privilegiem os saberes e as capacidades de cada um pautadas no direito universal à educação e à cidadania e no respeito às diferenças.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png