A CONTRIBUIÇÃO DA PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL NO ENSINO SUPERIOR: SUBSÍDIOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA

Maria Lúcia Francisco Damasio

O presente artigo tem como objetivo central analisar e apresentar os campos de
atuação do psicopedagogo e avaliar o papel desse profissional na área institucional
escolar superior e tem como pressuposto que as características dos conhecimentos
prévios são determinantes para novas aprendizagens e que “a aprendizagem
significativa ocorre quando uma nova informação ancora-se em conceitos
relevantes, preexistentes na estrutura cognitiva de quem aprende” de acordo com
Ausubel (1981). A partir, dos resultados do estudo realizado por meio da análise e
interpretação obtidas conclui-se que os estudantes sentem falta de intervenções que
contribuam para uma solução satisfatória da crise psicossocial caracterizada pelo
ingresso na faculdade. Por fim, que as contribuições psicopedagógicas no ensino
superior têm como objetivo também evitar a reprovação do aluno e, muitas vezes, o
abandono do curso e que a reprovação é um problema de todos e seu papel
fundamental é analisar e assinalar os fatores que favorecem, intervêm ou prejudicam
uma boa aprendizagem em uma instituição, sugerindo e auxiliando no
desenvolvimento de projetos favoráveis às mudanças educacionais, visando evitar
processos que conduzam às dificuldades da construção da aprendizagem do
conhecimento.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png