INCLUSÃO ESCOLAR COM ENFASE NO ALUNO COM DEFICIÊNCIA

Andreia Pereira

Este artigo tem como objetivo apresentar contribuições reflexivas que abordará a história de luta de movimentos a favor da pessoa com deficiência, políticas públicas pensadas para a presença e permanência do educando com qualquer tipo de deficiência no contexto escolar. No decorrer aponta-se pontos positivos e negativos, e algumas ferramentas disponíveis que poderiam ser mais utilizadas de forma que o aluno como centro de tudo possa atingir seu maior desafio, uma educação igualitária de qualidade e humanizada. Trata-se de questões ligadas ao poder público, comunidade, e profissionais da educação, e de maneira cada item citado tem seu papel neste processo. Aborda-se que forma cada indivíduo poderá influenciar no desenvolvimento do educando com deficiência, levando em consideração que cada indivíduo ser é único, e tem suas singularidades. Nesta perspectiva analisa-se até que ponto laudos e padrões podem ser um caminho e de que maneira o trabalho do profissional é limitado a partir do mesmo, e o educando sendo limitado durante todo processo e impedindo de vencer suas limitações.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png