top of page

EDUCAR CUIDANDO OU CUIDAR EDUCANDO?

Kelly Cristina Conti Fernandes

RESUMO:

Este trabalho tem por objetivo apresentar discussões sobre as relações e interfaces entre o cuidar e o educar, pois a realidade tem revelado a confusão e as dificuldades instaladas ao longo de décadas de uma prática nas instituições de educação infantil, especificamente nos Centros de Educação Infantil, em que cuidar remete à idéia de assistencialismo e, educar à de ensino/aprendizagem. Diante disso, prevalece a tendência de compreender o cuidar e educar como mera associação de duas diferentes funções: uma relativa ao zelo por boa alimentação, segurança física e cuidados com higiene e saúde; outra preocupada com o repasse de conhecimentos e normas de comportamento, além do cumprimento de regras pelos futuros cidadãos. No entanto, a função destes dois termos parece distante das reflexões que culminam na declaração do cuidar e educar como princípios indissociáveis, ficando aquém da compreensão e promoção do ideal almejado. Cuidar e educar é impregnar a ação pedagógica de consciência, estabelecendo uma visão integrada do desenvolvimento da criança com base em concepções que respeitem a diversidade, o momento e a realidade peculiares à infância. Desta forma, o educador, deve estar em permanente estado de observação e vigilância para que não transforme as ações em rotinas mecanizadas, guiadas por regras.

Cuidar; Educar; Educação Infantil; Família; Proposta Pedagógica

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png
bottom of page