top of page

O PAPEL DO SUPERVISOR NAS ESCOLAS E OS DESAFIOS PARA A CONTRIBUIÇÃO DE UMA GESTÃO ESCOLAR DEMOCRÁTICA

Déborah Guaraná de Lima Amaral

RESUMO:

O ambiente escolar é corriqueiramente bombardeado por várias ideologias, conceitos, legislações e as vezes os docentes não decoram qual caminho seguir, no entanto, a necessidade do supervisor escolar cuja função é orientar os professores, desafiando-os, instigando-os, questionando-os, motivando-os, despertando neles o desejo, o prazer e o comprometimento com o trabalho desenvolvido, além de dividir as alegrias dos resultados obtidos, desta forma, fazendo-se necessário para uma gestão escolar democrática. Ao considerar e impulsionar o sistema da gestão democrática escolar tem-se em interesse criar meios para que os supervisores possam intervir no meio em que os docentes, coordenadores e supervisores se inserem. Este artigo tem o intuito de reverberar sobre o tema proposto, objetivando averiguar as conjecturas que englobam o papel do supervisor na gestão escolar para contribuir com a comunidade da escola no anseio da melhoria do ensino, enfatizar a importância dele nesse sistema, além de como podem interferir e prejudicar a gestão escolar e todo o sistema democrático de ensino no Brasil, bem como descrever os principais motivos que afetam seu desempenho. O sistema educacional é moroso e depende da sensibilização dos indivíduos para que de fato se concretize as propostas metodológicas, desta forma, o gerenciamento do supervisor personifica-se com as articulações que tencionam o desenvolvimento da escola e dos professores com o propósito de construir uma sociedade crítica, lúcida e participativa.

Supervisor; Gestão; Ambiente Escolar; Sistema Educacional; Gestão Democrática.

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png
bottom of page