O DIREITO DE BRINCAR : DOS ASPECTOS LEGAIS AO COTIDIANO REAL

Aline de Souza Oliveira Santos

O presente artigo aborda o direito de brincar , desde seus conceituais legais , perpassando pelo cotidiano real. Optamos pela abordagem qualitativa, pesquisa de campo e revisão de literatura. Nesta perspectiva trilhamos o aspectos legais que garantem direitos as crianças e, em campo observamos como concebido o lúdico no espaço escolar, especificamente na Educação Infantil. Para fundamentar está pesquisa utilizamos autores que versam sobre o tema, na pesquisa de campo o cenário utilizado foi uma Instituição situada na zona norte de São Paulo que atua na modalidade da Educação Infantil até o Ensino Médio.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Educação; Direito; Brincar; Aprendizagem.

Baixar texto completo

PDF_ico.png